Páginas

quarta-feira, 23 de outubro de 2013

Os riscos da vida virtual

Facebook, twitter, instagram, skipe, wi-fi.. Que o mundo está em uma era digital e conectada não se tem duvida. Pessoas têm acesso à rede dentro e fora de casa por meio de celulares e tablets. Hoje as operadoras de telefonia móvel não medem esforços para proporcionarem acesso livre ao mundo virtual. Tempos modernos. Porém o mal uso da internet pode causar diversos prejuízos e perigos.
Quem não acessa as redes sociais é tido como alienado, excluído, um extraterrestre. Mas as pessoas que não têm esse hábito, na verdade são muito mais livres do que as que vivem conectadas. Diversas pessoas publicam fotos de bens pessoais, de lugares que costumam ir, horários que costumam chegar e sair, publicam suas intimidades em um local aberto ao mundo todo. 
Matérias de jornais já avisaram sobre os riscos da exposição pessoal. Alguns criminosos monitoram suas vitimas pela internet, quanto mais alguém se expõe na rede, mais torna-se uma presa fácil. Os mal feitores controlam os horários, os trajetos, os lugares, hábitos e contatos das vitimas por meio do que elas mesmo lhes fornecem como dados, inocentemente.
É preciso ter cuidado com o que se publica. Há internautas que perdem o juízo quando estão no mundo virtual, colocam coisas que ridicularizam seu próprio caráter. Em um tempo em que chefes analisam seus subordinados pelas redes sociais, é importante manter o bom senso na hora de "clicar enter" em qualquer coisa. Inúmeras pessoas já perderam o emprego por causa do perfil na rede social. Com isso, há um dito popular novo : "Me mostre seu facebook e te direi quem tu és."
Portanto, é preciso ter cautela antes de se expôr em uma rede social. Há muitas pessoas mal intencionadas, e nesses tempos em que a violência é tanta, todo cuidado é pouco. Tem-se que saber utilizar a internet em seu favor e não se expôr ao ridículo ou causar riscos à própria vida. A palavra-chave é "BOM SENSO". 

Nenhum comentário:

Postar um comentário