Páginas

terça-feira, 5 de julho de 2011

O Amor ?

São pequenos gestos, grandes futilidades, aparência tão clichê, significado incompreensível. Surge em momentos difíceis ou banalizados, tem a importância de uma vida, quer dizer, duas vidas. São instantes de loucuras, momentos de compreensão, são lágrimas e sorrisos, é aquela vontade de gritar bem alto quando todo o resto está em silêncio. É rir de tudo e do nada, é se olhar no espelho e se ver pela metade, é ser fraco e forte ao mesmo tempo, é fechar os olhos e se jogar de cabeça, é ser sensível e, ás vezes agressiva. É apertar o botãozinho do dane-se ás vezes, é aquela vontade de sumir, é aquele querer de que tudo dê certo, são aqueles ataques estéricos por nada, é querer alguém pra chamar de seu, é ficar sem palavras, é esquecer que os problemas existem, é ruim, é bom, não tem idade nem hora e muito menos lugar. É surpreendente, é assustador, é incondicional, é estranho no início, mas depois é indispensável. É acreditar que pra tudo tem uma solução, é passar dias e noites pensando em alguém que você nem conhece direito. É olhar para alguém e sentir sua cabeça confusa, seus olhos brilharem, sua boca ficar sem palavras e seu corpo sem reação, é sentir seu coração bater mais rápido e mais devagar ao mesmo tempo. É encontrar alguém que muda tudo, que faz seu mundo desandar em alguns minutos, é encontrar alguém por quem você é capaz de tudo somente para ver um sorriso. É se sentir dividida, é ter dúvidas e certezas, é sonhar acordada, é o recomeço a qualquer hora e o fim a qualquer instante.
São descobertas, opiniões, e para mim, o amor é indispensável.
Mas de uma coisa eu tenho certeza:
'Amar..
Só os Loucos sabem .. ♪


Texto de Gabriela Mello ♥

Nenhum comentário:

Postar um comentário